Engravidar

Drogas de fertilidade para homens - New Kids Center

Embora muitos tenham pensado que as drogas podem ser uma solução para todos os problemas, incluindo problemas hormonais em homens e mulheres, o caso não é verdadeiro. Nas mulheres, as drogas ajudaram a suprir os problemas hormonais em grande medida, mas nos homens a taxa de sucesso das drogas de fertilidade é de apenas 5%. Os homens são geralmente prescritos medicamentos de fertilidade, dependendo da natureza do problema que eles estão sofrendo.

Quais são as causas dos problemas de fertilidade masculina?

Embora existam muitas razões que causam problemas de fertilidade masculina, duas das principais causas dos problemas de fertilidade masculina são as seguintes:

1. Causas obstrutivas

A palavra “obstrutivo” refere-se a qualquer bloqueio ou dificuldades para se chegar a uma origem, e neste caso, o macho sofre com esta questão. Alguns homens sofrem de anormalidades genéticas ou físicas com as quais nascem, o que causa o fluxo de espermatozóides para sua origem. As anormalidades físicas podem ser acompanhadas por um número de infecções que impedem o processo da ejaculação do esperma. Deve-se levar em conta que as causas obstrutivas podem ser tratadas com facilidade e rapidez.

2. Causas Não-obstrutivas

A produção de esperma é totalmente afetada devido a desequilíbrios hormonais no sexo masculino. O corpo masculino requer um certo hormônio para estimular seu sistema reprodutivo, e drogas que são usadas para estimulação da ovulação também podem ajudar a lidar com o problema e estimular seu sistema reprodutivo.

Quer saber mais sobre as causas dos problemas de fertilidade masculina? Confira o vídeo abaixo:

Por que as drogas de fertilidade para homens são necessárias e como elas são prescritas?

1. Introdução Geral

Nós vimos as causas dos problemas de fertilidade masculina. A boa notícia é que esses problemas podem ser eliminados ou reduzidos com a ajuda de medicamentos para fertilidade para homens. O hormônio mais utilizado para esse problema é “gonadotrofinas”. Esta droga é conhecida como um hormônio injetável que é usado principalmente para tratar homens que sofrem de hipogonadismo gonadotrófico primário que é uma condição em que o corpo masculino não consegue produzir espermatozóides. A condição de hipogonadismo significa que o cérebro não produz a quantidade certa de hormônios para a fertilidade. Este medicamento vem em duas formas, que são comumente conhecidas como gonadotrofinas menopausadas humanas e gonadotrofina coriônica humana. Ambas as drogas são usadas para estimular os testículos para produzir o hormônio masculino que é conhecido como testosterona.

Além disso, outras drogas também podem ser benéficas. Dois desses medicamentos são conhecidos como os hormônios liberadores de gonadotropina pulsátil, ou os hormônios folículos estimulantes. Os medicamentos não hormonais podem revelar-se benéficos para os homens que sofrem de anormalidades na ejaculação espermática devido a problemas subjacentes, como diabetes, efeitos colaterais de medicamentos ou efeitos pós-operatórios. Drogas como a imipramina podem ajudar tais anormalidades e reduzir o fluxo de espermatozóides na bexiga, em vez do pênis, bloqueando a entrada da bexiga. A estimulação por vibração electromagnética peniana também pode ajudar a resolver este problema. Para aqueles que são céticos em relação às drogas, os antibióticos são uma alternativa útil para tratamentos de fertilidade.

2. Terapia Química

Drogas de Fertilidade

Tratamento

Gonadotrofinas

Essas drogas são usadas para tratar homens que sofrem com o problema da infertilidade, e as causas da infertilidade permanecem sem explicação. Esses homens produzem um número assustadoramente baixo de espermatozóides e apenas 40% desse espermatozóide é móvel. A transmissão deficiente do sinal entre a glândula pituitária e o hipotálamo resulta na condição acima. As gonadotrofinas usadas para esse problema são HCG e FSH.

Agentes estrogênicos da formiga

A falta de gonadotrofinas nos homens leva a uma diminuição na liberação do hormônio testosterona, e é por isso que as drogas anti- estrogênicas, como o tamoxifeno e o clomifeno, são usadas. No entanto, estes podem ter um efeito colateral severo da produção de espermatozóides. É essencial ter uma verificação dos níveis de testosterona. O clomifeno é conhecido por ter a maioria dos efeitos colaterais e, portanto, continua sendo uma droga não aprovada.

Bromocriptina

A bromocriptina é usada para diminuir os níveis de prolactina no corpo masculino, o que causa uma redução no nível de testosterona no corpo. A droga bromocriptina é usada por uma média de quatro semanas, mas também tem seus efeitos colaterais, que incluem problemas no fígado, pressão alta, confusão, alucinações e movimentos anormais do corpo.

Testosterona

A testosterona sintética é freqüentemente usada como uma testosterona mímica quando o corpo masculino contém baixo nível de testosterona. Pílulas orais, géis e injeções são usadas como uma forma de testosterona sintética. No entanto, seu uso pode levar a anormalidades hepáticas. Sob a mesma luz, embora as injeções sejam consideradas mais seguras, elas também levam a flutuações de humor e problemas nos níveis de energia. Hoje, as aplicações de testosterona transdérmica estão se tornando cada vez mais populares.

3. Duração do Tratamento

A duração dos tratamentos difere de droga para droga. O clomifeno é recomendado por três a seis meses, sendo um comprimido por dia e por lado. HCG é prescrito por pelo menos duas a três injeções por pelo menos seis meses, de acordo com o que o médico prescreve. Deve-se levar em conta que períodos mais longos de uso de drogas para fertilidade não garantem o sucesso desses medicamentos. É possível que o seu médico mude frequentemente os seus níveis de dosagem, mude a sua medicação ou o tratamento completamente.

4. As taxas de sucesso dos medicamentos de fertilidade para homens

É verdade que os medicamentos para fertilidade podem ajudar a aumentar a produção de espermatozóides em grande medida. Mais de 80% dos homens experimentaram uma melhora em sua fertilidade com a ajuda de gonadotrofinas. 40% dos pacientes testemunharam gravidez com o parceiro. As operações podem ser feitas se os medicamentos não funcionarem. Tratamento para ejaculações retrógradas tem visto uma taxa de sucesso de 55% no mínimo.

5. Os efeitos colaterais dos medicamentos de fertilidade para homens

Tanto o HCG como o Clomifeno podem causar efeitos colaterais no homem. Os efeitos colaterais variam de efeitos colaterais leves a graves, como a explosão de acne, alterações súbitas e severas de peso, aumento dos seios, visão turva e até anormalidades hepáticas.

Como aumentar a fertilidade masculina naturalmente

1. Minimizar a interferência da fertilidade física e química

Evitar roupas apertadas para permitir o fluxo de ar para a região da virilha pode incentivar a fertilidade masculina. É preciso também evitar a exposição a substâncias químicas nocivas e raios que possam interferir na produção de espermatozóides. Continua a ser essencial manter uma temperatura corporal normal. Usar roupas quentes por um período excessivamente longo pode limitar a fertilidade masculina.

2. Coma para aumentar a fertilidade masculina

Ter uma dieta saudável pode contribuir muito para atender a muitos problemas médicos, incluindo a infertilidade. Seu corpo precisa de uma boa quantidade de antioxidantes, como vitaminas C e E, glutationa e coenzima Q10, juntamente com uma combinação de frutas, grãos, proteínas e vegetais. Multivitaminas que contêm vitamina C e E também podem ajudar a aumentar a fertilidade masculina e estimular a produção de espermatozóides. Álcool e carne vermelha devem ser evitados a todo custo para remover quaisquer obstáculos à fertilidade masculina.

3. Mantenha um estilo de vida saudável

Não se trata de comer as coisas certas, mas também de fazer as coisas certas para garantir uma vida saudável. Afastar-se do vício do fumo resultará em uma quantidade decente de aumento na produção de espermatozóides. Junto com isso, menor consumo de álcool, bem como ter um estilo de vida livre de estresse contribuirá para o seu bem-estar. Mantenha um peso normal e saudável com o equilíbrio certo de gordura e músculo para estimular a saúde do seu sistema reprodutivo. Não se envolva em drogadicções, pois isso irá deteriorar sua saúde como um todo.

4. Obtenha uma consulta profissional

A ajuda profissional pode orientá-lo em relação à causa raiz do seu problema e ajudá-lo a encontrar as soluções certas. Delicie-se com contagens regulares de espermatozóides para monitorar sua produção de esperma e testes hormonais regulares. Além disso, visite profissionais para eliminar as chances de doenças graves subjacentes e outras causas de infertilidade. Assim, pode-se deduzir a partir deste artigo que o que é necessário é primeiro entender as causas do problema de fertilidade em homens, e então trabalhar no sentido de usar os medicamentos de fertilidade para homens para ajudar a eliminar tais problemas com a ajuda de um profissional.

Quer receber mais aconselhamento profissional de um médico? Confira o vídeo abaixo:

Assista o vídeo: More Than an Apple a Day: Preventing Our Most Common Diseases (Setembro 2019).