Toddlers

Meningite em crianças - New Kids Center

Os pais fazem tudo ao seu alcance para manter seus filhos seguros e saudáveis. No entanto, às vezes há circunstâncias incontroláveis ​​na forma de doenças que podem ameaçar isso. Uma das doenças da infância que afeta o medo em muitos pais é a meningite. O artigo a seguir explicará a doença de forma concisa, porque o fato de ser prevenido é do tipo antebraço. Você pode salvar a vida de seu filho com sua vigilância e ação imediata.

Quais são os sinais de alerta de meningite?

Sinais e sintomas óbvios podem ser obscuros na meningite em crianças pequenas. Isso ocorre porque às vezes apenas parte dos sintomas pode aparecer. Estes podem ser confundidos com a gripe comum, porque se assemelham a sintomas gripais. Os sinais e sintomas típicos incluem:

  • Vômito
  • Nenhum interesse em comida ou ingestão de líquidos
  • Estar cansado e sem resposta
  • Dor no pescoço ou pescoço
  • Febre
  • Dor de cabeça
  • Olhos sendo sensíveis à luz
Nota

A meningite bacteriana, por vezes, também pode causar uma erupção cutânea. A aparência desta erupção é como pequenas picadas e pode ocorrer em qualquer parte do corpo. Se não for tratada, a erupção pode se transformar em hematomas roxos. Isso será mais difícil de detectar em crianças complexadas mais escuras. Você deve verificar áreas mais pálidas do corpo. Você pode pressionar o lado de um copo claro para a erupção para ver claramente. Se você suspeitar que seu filho tenha meningite, procure atendimento médico urgente. Esta doença progride rapidamente, por isso requer um diagnóstico rápido e tratamento imediato.

Como é diagnosticada meningite em crianças?

O médico terá que realizar alguns testes para diagnosticar positivamente meningite.

1. Cheque Primário

Ele / ela pode começar o diagnóstico preliminar fazendo perguntas sobre os sintomas, verificando a temperatura da criança, analisando a pulsação, testando a pressão sanguínea, etc.

2. Testes Fluidos

O médico pode realizar exames de sangue e até mesmo uma punção lombar (punção lombar), que envolve a remoção de uma amostra de líquido espinhal que envolve o cérebro e a medula espinhal a partir da parte inferior da coluna da criança com uma agulha oca. Testar o fluido será capaz de confirmar se está infectado por bactérias ou vírus.

3. Injeção Intravenosa

Antibióticos são frequentemente administrados por via intravenosa, mesmo antes de um diagnóstico positivo, porque a doença pode progredir muito rapidamente. O médico prescreverá até mesmo fluidos intravenosos para prevenir a desidratação e manter a pressão sanguínea a um nível seguro.

4. Varreduras

Uma radiografia de tórax pode ser solicitada para determinar se há alguma infecção nos pulmões da criança. Se o médico suspeitar que pode haver outras causas ou problemas subjacentes, uma tomografia computadorizada é realizada. Estas circunstâncias agravantes podem ocorrer se houver trauma, falta de febre, aumento da pressão no cérebro ou suspeita de abscesso cerebral, etc.

Tratamentos para meningite em crianças

Os tratamentos para meningite dependem das causas. As causas da meningite podem ser vírus ou infecção bacteriana. A meningite viral é menos grave em comparação com a meningite bacteriana. Outras causas raras incluem interações medicamentosas, parasitas ou distúrbios do sistema imunológico.

1. Medicamentos

Antibióticos formam o mainstream da terapia para meningite bacteriana. A dosagem será calculada de acordo com o peso da criança. Certifique-se de mencionar quaisquer alergias que a criança possa ter. Crianças com meningite viral, que não têm outras complicações, podem ser enviadas para casa com medicamentos de suporte. Esses medicamentos controlam a dor e a febre, como o ibuprofeno. Por favor, note que os antibióticos não são eficazes contra a meningite viral. Check-ups contínuos com o médico são necessários para monitorar a criança.

2. Admissão Hospitalar

Crianças com meningite bacteriana serão mantidas sob supervisão rigorosa no hospital. O oxigênio pode ser administrado para tornar a respiração mais fácil se a respiração for trabalhada. Monitores são ligados à criança para rastrear a frequência cardíaca, frequência respiratória e níveis de oxigênio. Os fluidos IV são administrados para manter a pressão arterial adequada e evitar a desidratação.

Nota

Se a criança for diagnosticada com meningite meningocócica, todas as pessoas em contato direto com a criança devem receber antibioticoterapia. Essas pessoas podem ser pais, cuidadores, familiares ou outras pessoas que tenham contato próximo com a criança.

Complicações da meningite em crianças

Quando as meninges estão infectadas, elas perdem a função de proteção e permitem que os contaminantes entrem perto do cérebro e da medula espinhal. Estes contaminantes podem causar inflamação e levar à diminuição do fluxo sanguíneo para as áreas infectadas. Existem algumas consequências graves para a meningite em crianças. Dependendo da gravidade da infecção, a criança pode desenvolver problemas a longo prazo, como deficiência visual, problemas de audição, convulsões ou comprometimento da função mental.

Como prevenir a meningite em crianças

1. Medidas Preventivas

A meningite pode se espalhar das seguintes formas, portanto, é imperativo que você mantenha seu filho longe da fonte de disseminação.

  • Uma pessoa infectada que espirra ou tosse perto da criança
  • Tocando ou beijando
  • Compartilhando itens pessoais, como utensílios de cozinha ou escovas de dentes
  • Má higiene pessoal
2. Vacinação

Existem vacinas recomendadas disponíveis que podem ajudar o organismo a construir a imunidade contra a doença. As doses são programadas em diferentes idades para gradualmente aumentar a imunidade.

  • Haemophilus influenzae tipo B (Hib)

A dose inicial deve ser administrada aos dois meses, depois aos três meses e, por último, aos quatro meses.

  • Vacina Conjugada Pneumocócica (PCV)

É administrado pela primeira vez aos dois meses, depois aos quatro meses e a última dose aos treze meses.

  • Vacina meningocócica B e C

Eles são dados aos dois meses, quatro meses e doze meses.

  • ŸEfeitos colaterais comuns das vacinas

Os efeitos colaterais podem incluir dor ou desconforto no local da injeção. Algumas crianças podem desenvolver uma leve febre, dor de cabeça e letargia. Na maioria das crianças, os efeitos colaterais da vacina são leves e a prevenção da meningite em crianças supera em muito o leve desconforto temporário da vacina.

Загрузка...